27.10.08

Zech - 1


- Waclaw -


haverá por certo na lingua uma mais qualquer

coisa

assim como se uma casa antiga

e alta

junto ao mar

onde eléctricas rebatem as ondeantes vagas

porque a lingua é por certo mais do que as duas ou

três aprendidas formulas do ar

do fogo e das ciências

da literatura e da geral administração e outras tendências

pois acredito que se pode subir assim pela lingua

como se sobem

escadas

e com uma leve inclinação da cabeça

tocar e ser tocado por alguém

não pela lingua dos dias concretos

e externos

mas pela lingua daquela casa alta e absoluta

que vibra por dentro da carne

assim estancada alta e na boca já pura



ou como diria o poeta:



"pela noite secreta dos caminhos iguais

o poeta dá à pata como os outros animais"

2 comentários:

Uma rapariga simples disse...

A língua é um astronauta, é descobridor, pirata.

A língua chega onde os outros desejaram chegar, encontra o que os outros não encontraram, toma de assalto outras línguas senhoras de si que se julgavam intocáveis.

A língua é um contador de histórias, uma caixa de memórias, instrumento possante.

A língua... a tua língua... tão minha, tão tua, tão longe de mim.

Uma rapariga simples disse...

Falta agradecer a música fantástica que tens aqui.
Já a tenho, mais uma OST a descobrir.